Como tornar-se Personal Organizer? Conquiste seu espaço no mercado de trabalho.

Provavelmente você tenha ouvido falar sobre a profissão Personal Organizer ou Consultor em Organização. A carreira na área ganhou destaque principalmente após a aparição da empresária e escritora japonesa Marie Kondo na série ‘Ordem na Casa com Marie Kondo’, produzida pela Netflix.

A consultora e especialista no assunto tornou-se fenômeno mundial por apresentar uma abordagem inovadora para organizar os espaços.

Mas, como me tornar Personal Organizer hoje no Brasil?

Siga a leitura e conheça a história e as dicas de Audrey Spinelli, professora da Ecole Brasil.

Como surge a necessidade do personal organizer?
Em 2015 me fiz essa mesma pergunta quando realizei meu primeiro curso de Capacitação para Organizador. Desde então, tenho trabalhado como Personal Organizer e Consultora de Imagem com formação e certificação internacional pela Ecole Supérieure de Relooking.

As pessoas estão acumulando muitos objetos ou compromissos diários para suprir algum tipo de necessidade e não conseguem usufruir de maneira racional devido à falta de tempo.

Com isso, surge a necessidade de um profissional em organização que possa atender essa demanda real. Para se tornar um Personal Organizer é necessário se qualificar em cursos na área de organização profissional, levando em conta que não basta ser uma pessoa organizada, ou gostar muito de organização.

Apesar de ser um bom indício, é mais do que isso. É necessário gostar do contato com pessoas e jamais julgá-las pela sua “bagunça” ou “desorganização”.

O profissional em organização não julga
Realmente, um ponto importante sobre o profissional da organização é que ele deve compreender, respeitar e aplicar técnicas específicas de organização, minimizando tempo, diminuindo o estresse e levando praticidade aos ambientes.

Para conquistar seu espaço no mercado de trabalho como Personal Organizer, são necessárias algumas ações como:

Divulgação dos seus trabalhos nas redes sociais;
Promover palestras e workshops de organização para diversos públicos;
Oferecer organização para amigos que possuam um bom relacionamento social com pessoas influentes na sociedade;
Participar de eventos destinados ao público feminino. Por exemplo: moda, maternidade, beleza, fitness, empreendedorismo, custos financeiros, reuniões escolares, confrarias, entre outros.
Torne-se Personal Organizer pela Ecole Brasil
Marie Kondo chegou ao sucesso por ser especialista no assunto, o que demonstra a importância da capacitação para realizar o trabalho. Além disso, é importante refletir sobre o seu público-alvo para iniciar a carreira.

Pense nas diversas faixas etárias: crianças, adolescentes, idosos. Contate amigos que possam auxiliar na divulgação dos seus serviços, além de pessoas influentes da sociedade.

Com todos esses aspectos e mais o curso de Personal Organizer da Ecole Brasil, tenho a certeza de que você irá conquistar uma caminhada brilhante!

Por Audrey Spinelli Consultora de Imagem e Organização e professora da Ecole Brasil.